Tempo de leitura, 1 min.

Gonçalo Mendes tem 36 anos, estudou Ciência da Comunicação e trabalha como especialista de transcrição ensinando o sistema de machine learning a reconhecer discurso humano. Nos tempos livres vê desporto e também gosta de cantar (admitindo que não é muito bom nesta arte).

Conheçam melhor a história do Gonçalo!

Conta-nos um pouco da tua história pessoal. 

Nasci com paralisia cerebral. Os meus membros inferiores foram os mais afetados por esta doença. Não consigo andar. Por outro lado, aos 9 meses já estava a formar palavras e a dizer as minhas primeiras frases.  

A paixão por falar, conhecer pessoas e pela escrita levou-me a querer estudar Ciências da Comunicação. Nasci prematuramente e, também prematuramente, percebi quem sou e quais as minhas paixões. Eu sou mais do que a minha deficiência.  

Como é que vês a Microsoft a viver a sua missão de ser uma empresa Diversa e Inclusiva? 

A maneira como a Microsoft respeita as minhas diferenças e necessidades tem sido decisiva para encontrar o meu bem-estar e, no fim do dia, o meu equilíbrio emocional no trabalho e fora dele.  

O que gostarias de dizer a quem se possa sentir representado pela tua história?  

Não tenham medo de sonhar! 

 

Conheçam todas as nossas vagas aqui!

Saiba mais sobre a Responsabilidade Social Empresarial da Microsoft

Estamos empenhados em melhorar o mundo.

Descubra mais artigos relacionados por indústria:

Educação & Formação

Descubra mais artigos relacionados por dossier:

Digital Transformation

Histórias dos nossos Clientes

  • PaRk School

    A PaRK International School utiliza o Minecraft para melhorar a aprendizagem dos seus alunos

    A PaRK International School quer que os seus alunos aprendam de uma forma mais colaborativa e ágil, interagindo e gerando impacto numa sociedade global. Para lhes proporcionar uma educação mais imersiva e interativa, a escola implementou o jogo educativo Minecraft: Education Edition em várias disciplinas do seu programa. Os professores estão a explorar novas formas de ensinar, tirando partido do interesse natural que os alunos já nutrem por jogos. As aulas tornaram-se assim mais divertidas para os alunos, o que estimulou a sua […]