Avançar para o conteúdo principal
Pulse

Siga os Líderes: Quais as Competências Necessárias para Implementar a IA com Sucesso?

Carlos Campos

Carlos Campos

Digital Transformation Lead

Tempo de leitura, 3 min.

Cada tecnologia passa por uma era de descoberta e uma era de implementação. Atualmente, a IA está a avançar a toda a velocidade nesta era de implementação. As empresas estão a implementar esta tecnologia para capacitarem os colaboradores, cativarem os clientes e transformarem os seus negócios.

“Todas as grandes empresas tecnológicas estão a investir fortemente em funcionalidades de IA. Têm visões explícitas para dominarem o pensamento e o comportamento humano. Quando isto for combinado com a potência de computação, será inevitável.” – Skandia

A Microsoft e EY inquiriram 277 empresas em 7 setores de atividade em 15 países para compreenderem como a IA está a ser utilizada pelas empresas em toda a Europa. Identificámos as 8 funcionalidades mais reconhecidas necessárias para criar com êxito valor a partir da IA. Foi pedido aos executivos das empresas que lideram na adoção da IA para classificarem a importância destas funcionalidades.

As 8 Funcionalidades Mais Importantes

Concretizar o Potencial da IA

A Análise de Dados Avançada revelou-se a funcionalidade de IA mais importante entre as empresas inquiridas.

Talvez isto não seja surpreendente. A espinha dorsal da IA é composta por pessoas competentes e qualificadas capazes de compreender os problemas do negócio a nível granular e de implementar a IA para resolver eficazmente estes problemas.

Este inquérito revela uma grande falta de competências técnicas a nível da gestão de dados que esteja à altura da procura em grande crescimento para a IA. Encontrar e contratar especialistas em IA tornou-se uma atividade altamente competitiva. Os especialistas funcionais em IA chegam a receber salários maiores do que os seus superiores hierárquicos. Em alguns casos, as novas políticas de RH estão a ser preparadas para refletir estes requisitos em evolução.

Em segundo lugar, aparece a Gestão de Dados. Este inquérito concluiu que uma parte significativa do tempo que as empresas dedicam à IA é passado em tarefas relacionadas com a gestão de dados. As empresas indicaram que estão a dedicar 2 a 3 anos a criar a infraestrutura de dados necessária para a IA. As empresas com as visões de IA mais ambiciosas continuam a dedicar a maior parte do seu tempo a otimizar a infraestrutura.

A terceira funcionalidade mais importante apontada é a Liderança da IA. Isto sublinha a necessidade dos líderes compreenderem e articularem uma visão de IA clara.

A seguir, surge fomentar uma Cultura Aberta. Nesta perspetiva, os líderes têm de ser transparentes nos seus projetos contínuos de IA e os seus resultados desejados.

Em quinto lugar surge a implementação das Tecnologias Emergentes certas, seguida do Desenvolvimento Ágil. Os processos iterativos e de experimentação rápida que utilizam tecnologias em evolução devem promover a aprendizagem interna rápida.

As Alianças Externas aparecem em penúltimo lugar em termos de importância. Talvez isto se fique a dever por ser uma área que os líderes já consideram dominar em grande parte. A integração da ciência comportamental através da Inteligência Emocional é vista como a funcionalidade de IA menos importante. Isto poderá dever-se ao facto das empresas ainda terem de lidar com complexas competências técnicas antes de avançarem para competências cognitivas humanas mais avançadas.

Os Setores Líderes

Os setores mais maduros na utilização da IA referem uma maior competência em Análise de Dados Avançada, nomeadamente em TMT (Telecomunicações, Multimédia/Entretenimento e Tecnologia). As empresas de Ciências da Vida (incluindo o setor da Saúde e Farmacêutico) indicam uma menor competência em Liderança da IA. Isto poderá dever-se ao facto de, no setor farmacêutico, a IA residir sobretudo em I&D e ainda não afetar toda a organização a um nível estratégico alargado.

Estudo gratuito: Inteligência Artificial em Portugal. Como 277 grandes empresas europeias beneficiam da IA

Descubra como os seus pares da Europa Ocidental e de Portugal usam a IA para transformar digitalmente as organizações

Assuntos Financeiros e Seguros

Autoridade Pública

  • Duas pessoas num ambiente interior a utilizarem o Surface Go no escritório

    Como a tecnologia está a transformar o trabalho dos organismos públicos

    Os organismos públicos têm a responsabilidade final perante os seus cidadãos. As pessoas dependem dos serviços que lhes são prestados como nenhum outro tipo de instituição o faz. Seja nos cuidados de saúde, na educação, nos negócios, nas estradas, nos caminhos de ferro ou no abastecimento de água, é essencial que os organismos públicos estejam […]

Comércio & Retalho

Cuidados de Saúde

Educação & Formação

Indústria