Impulsionar um novo futuro digital: A Eneco muda-se para a cloud para oferecer energia sustentável na Europa

Aproveitar a energia do vento e do sol para criar soluções energéticas ecológicas é o dia a dia da Eneco, uma empresa de energia sustentável com sede na Holanda. Mas à medida que a empresa foi crescendo, enfrentou um grande desafio: queria desenvolver soluções energéticas sustentáveis da forma mais eficiente possível, apesar de a sua infraestrutura e soluções de dados serem complexas e estarem desatualizadas. Assim, a Eneco trabalhou com a Conclusion, um Parceiro Microsoft, para controlar o seu destino ao fazer a mudança da infraestrutura e dos sistemas para o Microsoft Azure.

Com 3.000 colaboradores na Holanda, Bélgica, Alemanha, França e Reino Unido, a Eneco é pioneira no mercado da energia e desenvolve soluções económicas junto de clientes e parceiros que proporcionam poupanças e fomentam a auto-geração. A empresa também investe em projetos sustentáveis de energia e produção de gás para reduzir as emissões de carbono.

No início de 2018, a Eneco começou a traçar um novo rumo para a sua plataforma tecnológica. Um objetivo chave era preparar para o futuro o ambiente informático da empresa através da mudança para uma plataforma baseada na cloud que oferecesse uma maior agilidade e mais oportunidades de inovação do que o atual ambiente legado com servidores no local. "Tínhamos um ambiente no local e focámo-nos na obtenção da escalabilidade, disponibilidade e flexibilidade que precisávamos para o futuro", afirma Sander Van Steenis, Diretor de Tecnologia Empresarial na Eneco.

Depois de um processo de concurso, a Conclusion, um Parceiro da Microsoft, foi escolhida para dar suporte à migração e escolheu o Microsoft Azure como plataforma para alojar o ambiente SAP da empresa.

Migrar a alta velocidade

A Eneco enfrentava um prazo incrivelmente apertado para concluir a primeira fase do projeto de migração – apenas sete semanas. Era essencial concluir rapidamente a migração técnica e antes do fecho do ano fiscal para migrar os dados e os servidores a partir de outra plataforma e fornecedor. Além disso, o âmbito do projeto de migração era muito amplo, uma vez que exigia a deslocação de 17,5 terabytes de dados em 23 servidores no local para a cloud.

Além de cumprir o prazo, a equipa conseguiu concluir a migração do ambiente SAP em execução em Windows e em SUSE Linux de forma totalmente integrada, sem qualquer tempo de inatividade ou impacto para os utilizadores empresariais. Além disso, após a migração, as tarefas que no passado demoraram semanas ou meses, como criar um novo servidor ou iniciar um novo serviço, demoram agora apenas alguns minutos.

Um fator crucial neste tipo de implementação bem-sucedida foi a sólida parceria entre a Eneco e a Conclusion. Graças a esta colaboração, desenvolveram um plano para a Eneco mover em fases o seu ambiente tecnológico para a cloud. Na primeira fase, a equipa concentrou-se na configuração de uma infraestrutura de dados de alta disponibilidade e proporcionou a conectividade e a escalabilidade de que precisavam.

Optámos por implementar o SAP em Azure por acreditarmos que é a melhor solução para a Eneco lidar com grandes volumes de dados, incluindo bases de dados como a HANA. Sabíamos que tínhamos de criar um novo ambiente de TI de raiz e o Azure permitiu-nos fazê-lo de forma rápida, sem grandes problemas.
-Maximilian Ebenhoch, Arquiteto de Inovação Empresarial na Conclusion.

Apesar de a implementação ainda estar a dar os primeiros passos, a Eneco já está a constatar algumas das vantagens que o SAP em Azure oferece, com a migração para o SAP HANA contínua e os planos para implementar o SAP S/4HANA em Azure. Por exemplo, no passado eram necessários vários dias para fazer o fecho financeiro e administrativo do final do mês. Quando o SAP S/4HANA estiver totalmente implementado, bastarão alguns minutos para fazer o fecho financeiro mensal e os executivos conseguirão obter dados e insights em tempo real.

A velocidade e a fiabilidade também são requisitos da Eneco que serão melhorados pelo SAP em Azure. Isto tornou-se evidente quando a empresa se deparou com problemas de desempenho no ambiente de teste. Com a nova infraestrutura implementada, o ambiente de teste podia ser dimensionado de forma simples em poucos minutos consoante os requisitos de produção.

Anteriormente, os utilizadores empresariais deparavam-se com problemas de desempenho nas soluções tecnológicas legadas no local. No entanto, desde a migração não ocorreram quaisquer problemas de desempenho. E com a nova plataforma, a Eneco pode adicionar novos serviços e funcionalidades à medida das necessidades.

Eneco MKB Carregamento Elétrico

A maior flexibilidade promove a inovação

Depois de concluir com sucesso uma migração desta escala a grande velocidade, a equipa conjunta tem conselhos para oferecer às outras empresas que estão a ponderar deslocar os seus serviços e dados para a cloud. "O prazo de sete semanas para fazer a migração é muito curto. Não é fácil, mas é totalmente exequível se dedicarmos uma equipa à tarefa", assinala Van Steenis.

É difícil e é necessária uma grande liberdade. No ambiente de uma grande empresa como a Eneco, é importante estar em sintonia relativamente à conectividade e à segurança, por exemplo. É muito mais fácil deslocar os seus dados e serviços "tal como estão" e, em seguida, fazer ajustes conforme seja necessário depois de fazer a mudança para a cloud. Facilita muito a vida.
-Maximilian Ebenhoch, Arquiteto de Inovação Empresarial na Conclusion.

A simplificação do processo de migração quer dizer que a Eneco está agora bem encaminhada para ter um ambiente totalmente baseado na cloud e está a tirar partido das várias vantagens do SAP em Azure, o que assegura que a empresa está melhor equipada para tudo o que venha a acontecer no futuro. Após o rápido percurso de migração e da consolidação de ambos os datacenters e dos custos para obter a flexibilidade, a escalabilidade e a disponibilidade que desejava, a empresa já está numa posição de utilizar a tecnologia como fator impulsionador do negócio.

Ao dar um passo em frente em relação aos custos crescentes e ao desempenho limitado do seu passado no local, o SAP em Azure permitiu à Eneco manter-se competitiva e ser mais produtiva, com a equipa de TI a conseguir agora desenvolver projetos piloto e a fazer demonstrações rápidas de provas de conceito aos empresários. Anteriormente, a demonstração do potencial dos novos conceitos aos decisores baseava-se em propostas e previsões, mas as equipas podem agora criar e fazer demonstrações de exemplos funcionais das suas inovações com resultados tangíveis. "Temos a plataforma para testar novos serviços, projetos piloto e defender uma perspetiva comercial", afirma Van Steenis. "Agora pode mostrar como funciona, não só no papel, mas também no ecrã."

Com a sua decisão de transformar os recursos informáticos numa perspetiva de futuro, a Eneco está a fazer a mudança para um futuro de inovação, aproveitando as vantagens inatas da cloud para criar de forma sustentável energia a partir de recursos naturais.

Tínhamos um ambiente no local e o nosso foco era obter a escalabilidade, disponibilidade e flexibilidade necessárias para o futuro.
-Sander Van Steenis: Diretor de Tecnologia Empresarial na Eneco